5 de setembro de 2012

Prêmio de Literatura – Literarte 2012 – Petrópolis.

Cabo Frio, 30 de julho de 2012. 


Prezado(a) Sr(a). MORGANA GAZEL, 



É com grande satisfação e júbilo que informamos que após seu nome ser indicado por nossa diretoria, ser avaliado por criteriosa análise e aprovado por nossa Comissão de Conselheiros, vossa senhoria foi aprovado(a), por unanimidade, para receber o Troféu: “Prêmio de Literatura – Literarte 2012”, na categoria Criatividade e Originalidade na Obra, com a obra Poema Mundo.   

O Prêmio é uma distinção feita no âmbito da literatura para escritores, instituições e obras produzidas, sendo comprovadamente o mais magnífico resultado dentre os avaliados. São trabalhos de excelência nas diversas categorias que se destacam em qualidade e importância no cenário regional, nacional e internacional durante o ano anterior. Solicitamos apreciar o release do Prêmio em correspondência anexa. 

A Cerimônia de Premiação será realizada no magnífico Palácio de Cristal, na histórica cidade imperial de Petrópolis, no dia 14 de setembro de 2012, sob total cobertura jornalística da mídia escrita e televisionada, com a presença de diversas autoridades do mundo cultural. (...)

OBRA PREMIADA (clique na foto para ampliá-la):





5 comentários:

guerreira xue disse...

Parabéns pelo premio merecido querida.Que venham mais e mais sempre.
Muitas felicidades.:-))

José Loureiro disse...

Extremamente vaidoso, por ser amigo de alguém com tamanha classe.
Poema divinal!

Patricia Lins disse...

Você merece esse prêmio e muito mais! A vida ainda te premiará com muito reconhecimento através dos seus livros e suas mensagens tão profundas e honestas. E, nós, que temos a honra de ter acesso a essa leitura, seremos presenteados, também!

Parabéns, amiga, pessoa admirável que tanto amo!

MARAELIZA disse...

SER RECONHECIDA É UMA GLÓRIA, MAS VOCÊ É MERECEDORA, SE CONHECE UM ESCRITOR LENDO SUA OBRA E AO LER SEU LIVRO ENSEADA DO SEGREDO, CONSEGUI FAZER PARTE DA HISTÓRIA, SENTI COMO SE EU FOSSE A SUA INSPIRAÇÃO, ACREDITEI EM VOCÊ E ACREDITO, AMIGA TIRO MEU CHAPÉU E SINTO ORGULHO DE TER UMA AMIGA TÃO SÁBIA E FIRME, O BRASIL TEM FALTA DE ESCRITORAS DE ROMANCES, AFINAL O QUE SE VIVE HOJE SÃO COMO FILMES POLICIAIS, NOS DÁ MEDO E TERROR, MAS SEU LIVRO NOS LEVA A SONHAR, MESMO QUE SEJA NA IMAGINAÇÃO, AGRADEÇO A DEUS POR TÊ-LA CONHECIDO MESMO QUE VIRTUALMENTE, VALEU MILHÕES DE VEZES, SEU POEMA É MARAVILHOSO DE UMA CLASSE INTELECTUAL E VERDADEIRO..OBRIGADA POR EXISTIR...TE ADORO! PARABÉNS! UM GRANDE ABRAÇO.

Miguel Martins De Menezes disse...

Deixo aqui os meus parabéns a Morgana Gazel,não apenas pelo prémio (merecido) que esta instituição concedeu, mas sobretudo pelo seu domínio e conhecimento da arte da escrita.

Algumas pessoas pensam que basta saber escrever para usufruir do título de escritor. Nesta acepção todos são escritores, mas quando o nível da escrita tem subjacente um visível domínio dessa arte difícil, quer ao nível lexical, quer da sintaxe e do conhecimento do prontuário ortográfico o domínio da língua torna-se visível e notório como neste poema.

A riqueza do seu léxico traduz-se na sonoridade. A palavra foi usada de forma comedida, não pela apenas pela beleza estética da moldura que a enquadra, mas sobretudo pela imagem do conceito que transmite no final.

Parabéns Morgana Gazel, você merece muito mais...

Miguel Martins de Menezes